Sonhar com pôr do sol pode ser um indicativo de que o sonhador talvez esteja tomando muitas responsabilidades para si, e com isso, tendo sua criatividade e habilidade em encontrar sua alegria nas pequenas coisas da vida afetada.

Quando nós carregamos excessivamente em nosso peito as preocupações relacionadas às suas obrigações diárias ou às pessoas que a nós são importantes, é como se pouco de nossa própria energia restasse para ser então direcionada à nossa própria vida, metas e planos. E isso afeta até mesmo nossa saúde.

Sempre que nós estamos preocupados, estressados, é como se o nosso corpo ficasse em “modo de alerta”. Em resposta à tensão emocional, nosso organismo responde instintivamente produzindo alguns hormônios, dentre eles, por exemplo, o cortisol e a adrenalina, sendo esse último responsável por preparar o nosso corpo para a possibilidade de fuga ou de luta.

Mas na maioria das vezes, nós não estamos estressados porque existe um leão na nossa frente, ou uma situação de incêndio em nossa casa, não é? Nós nos estressamos por diversos motivos do dia-a-dia. Mesmo assim, nosso corpo está lá, a cada estresse, a cada ataque nervoso que temos, produzindo esses hormônios para fortalecer os nossos músculos e então nos deixar prontos para a “batalha” (mesmo que essa batalha seja imaginária, fruto de nossa ansiedade). O processo de digestão é pausado, a imunidade colocada em segundo plano. Todo o nosso organismo fica, enquanto durarem os pensamentos, focado em fazer de nós um guerreiro. Pergunte-se quantas vezes ao dia você se preocupa, e isso irá corresponder a quantidade de vezes que seu corpo deixou de proteger a si mesmo para colocar o foco em algo que, na verdade, você não precisava.

Por esse motivo, sonhar com o por do sol pode trazer o alerta para que você busque questionar-se sobre quantas responsabilidades e preocupações você tem carregado, e quantas delas estão em quantidade excessiva. É o momento de buscar construir e estabelecer maiores barreiras, talvez sendo muito positivo a solicitação de uma conversa com um terapeuta ou psicólogo neste momento, se você tiver condições para isso, ou a procura de técnicas em que você possa, ainda que por pouco tempo, estar em contato com você e apenas com você.

Você pode até mesmo acabar descobrindo, após essa autoanálise, que você conseguiu, após ter curado você, encontrar diferentes maneiras de entender e auxiliar o outro, de maneiras que antes você talvez não conseguisse.