Essa interpretação é baseada num relato enviado por uma leitora. A leitora respondeu a um questionário que nos possibilitou reunir algumas informações a respeito da saúde dela no momento em que teve o sonho. Por ser um sonho muito específico, talvez o significado de sonhar com cigana lendo cartas informada a essa leitora não seja adequado para o seu caso. O conteúdo será compartilhado apenas para favorecer a compreensão sobre o assunto para sonhos relacionados, cabe a você refletir e ser cuidadoso sobre o conteúdo que se seguirá. Saiba que o mesmo sonho pode ter significado completamente diferente para cada pessoa e, por conta disso, se faz necessário uma interpretação personalizada para cada caso.

O relato da leitora foi o seguinte:

image
Elaboramos um questionário com o objetivo de identificar os padrões psicológicos e espirituais que serviram de estímulos para a formação do seu sonho. Com base nas informações fornecidas e no relato apresentado, iremos desenvolver uma interpretação personalizada de acordo com a literatura esotérica e psicológica sobre o assunto. Este serviço tem um custo de R$ 39,90

Sonhei com uma cigana lendo cartas,mas a cigana era eu. Ela estava de vermelho com um lenço azul nos cabelos. Eu sonhei que acordava e procurava o Livro de Sonhos para achar o que significava, mas não conseguia achar o livro por mais que eu procurasse.

Relato de uma leitora do blog

Interpretação ao relato apresentado

Em primeiro lugar, é importante que você entenda os três tipos de sonhos existentes:

  1. Sonhos de origem psicológica;
  2. Sonhos de origem espiritual e
  3. Sonhar associados a reencarnações passadas.

Os sonhos de origem psicológica os chamamos de “burburinho psíquico”, os quais são formados pelo conteúdo armazenado em nossa memória consciente e inconsciente. A maioria dos sonhos são de origem psicológica e, por conta disso, ao adormecermos esse conteúdo ganha vida na tela de nossas imaginações. Muitos estímulos podem favorecer a formação desse gênero de sonho, que  vão desde traumas e bloqueios emocionais até aquilo que chegam até nossa percepção de alguma maneira, por exemplo: filmes, jornais, experiências, novelas, etc. Nesses casos, quando o sonho tem origem no conteúdo armazenado em nossa memória, é natural que sonhos incoerentes e confusos aconteçam, pois os estímulos psicológicos podem se sobrepor um ao outro e, assim, mudar a maneira como compensamos esses estímulos na tela de nossa imaginação durante o sonho. Por exemplo, imagine que uma pessoa possui um estímulo em sua memória associado ao próprio filho, ao adormecer esse estímulo pode emitir uma onda mental que imediatamente irá colocar o sonhador num cenário em que o filho é objeto principal da visão onírica. Agora, vamos supor que fogos de artifício são estourados na vida de vigília no mesmo instante em que essa pessoa está tendo o sonho com o seu filho, se o barulho dos rojões não for o suficiente para fazer a pessoa acordar, a mente criadora irá pegar esse estímulo e tentar compensar e justificar ele de alguma maneira, nesse caso, ao estímulo será somado e combinado com o sonho do filho. Como resultado, é possível que a pessoa acorde dizendo que sonhou com o filho levando tiros ou que mesmo estava em meio a um bombardeio durante o seu sonho.

Nesse exemplo, colocamos um estímulo interno e psicológico combinado com um estímulo externo e físico. Mas, a nossa mente inconsciente é muito turbulenta quando estamos dormindo e, por conta disso, vários estímulos podem se combinar para formar uma infinidade de sonhos e cenários diferentes. Se você tentar não pensar em nada, perceberá que muitas imagens mentais, visões e pensamentos brotam sem que tenhamos controle, e é exatamente esse mesmo efeito que ocorre nos sonhos de origem psicológica. Diversos estímulos associados a todos os tipos de memória se combinam e se sobrepõem, formando sonhos que aparentemente possuem algum significado, mas que em verdade é apenas a turbulência da memória inconsciente.

O segundo tipo é o sonho de origem espiritual. Ao adormecer nosso corpo espiritual se desprende do corpo físico e, quando a mente não se ocupa com a turbulência do inconsciente, conseguimos viver a realidade espiritual do mesmo modo que vivemos a nossa. No entanto, nessa realidade o que nos conduz são nossas tendências, motivações, desejos, afinidades e vícios, o que impossibilita que possamos agir nela do mesmo modo que agimos na realidade física. Quando não temos controle de nossos impulsos espirituais, ficamos, de certo modo, submissos a nossa própria natureza. E é nessa situação que ocorrem processos obsessivos e todo tipo de alienação espiritual negativa, pois devido a falta de controle ficamos sujeitos a todo tipo de influência. Por isso no questionário perguntamos se você sentiu dores em lugares específicos do corpo, pois quando o sonho é moldado por influências negativas, é comum acordar com dores nos pés, pescoço, ombros e barriga, uma vez que afeta o chakra correspondendo a região que foi recebida a influência no corpo espiritual. O lado bom é que você não mencionou essas dores, porém você mencionou o acúmulo de peso no pescoço, peito e abdômen, os quais correspondem aos chakras do pescoço (tireoide), peito (coração ou ajna) e abdômen (chakra umbilical). Esse acumulo de peso indica o desequilíbrio desses chakras, os quais consequentemente podem gerar insônia, desmotivação, falta de energia e uma infinidade de emoções e sentimentos negativos, além de afetar o equilíbrio do corpo físico. No entanto, por você não ter mencionado dores em lugares específicos do corpo, esse desequilíbrio pode ter outras origens que fogem de minha análise e que evidentemente não estão relacionadas ao sonho, a não ser que o seu sonho seja repetitivo, e é sobre isso que vamos falar a seguir.

Por fim, temos os sonhos associado com vidas passadas. Os sonhos de vidas passadas costumam se repetir com alguma frequência, seja num intervalo de dias, semanas ou até anos, e mesmo que o cenário e o contexto mudem, as emoções experimentadas são sempre as mesmas, as quais podem tanto estar relacionadas a momentos agradáveis quanto desagradáveis de vivências anteriores. Por você ter mencionado um misto de aflição e alegria, é possível que o seu sonho tenha origem em vidas passadas. Talvez a cigana realmente fosse você em outras vidas, e os sentimentos de alegria e aflição experimentados podem se referir a cada “eu interior”. Talvez você fosse feliz como cigana em outra vida e a aflição teve origem no seu “eu” atual, ou, você era aflita como cigana e sua alegria quem teve origem do “eu” atual. 

É muito comum pessoas que realizam regressão descobrirem que em algum momento de suas existências passadas foram ciganas. Na maioria das vezes, isso não tem a menor importância, a não sem em casos mais graves onde alguns distúrbios psíquicos não podem ser explicados pela medicina. Daí nesses casos a regressão para uma vida passadas pode ajudar a identificar a real origem de um bloqueio ou trauma emocional para que assim seja mais fácil fazer o tratamento e a digestão de tal acontecimento.

Além disso, isso não significa que o sonho esteja tenha relação com alguma vida passada, pois do mesmo modo que podemos ver um acontecimento em nossa vida de vigília sem que paremos para perguntar o que isso significa, no plano espiritual também ocorre o mesmo. Nem tudo que vemos no plano espiritual tem um simbolismo ou significado oculto por trás. Muitas vezes, ver algo em um sonho significa que você simplesmente viu aquilo, e nada mais.

Tente resgatar as lembranças desse sonho em mais detalhes. Veja se sente uma sensação de familiaridade com a visão dessa cigana. Se esse mesmo sonho se repetiu em outros momentos de sua vida, é muito provável que esteja sim relacionado com vidas passadas. Caso contrário, pode ser estímulos psicológicos de algo que você viu, ouviu, vivenciou ou percebeu em sua vida de vigília. Ou mesmo que tenha sido um contato real com alguma entidade no plano espiritual que se vestia como uma cigana.

Se você refletir, certamente irá encontrar em qual categoria o seu sonho se enquadra: psicológica, espiritual ou vidas passadas.

Seja como for, devido ao acúmulo de peso nas regiões mencionadas, eu aconselho você estudar mais sobre o chakra do coração, chakra do pescoço e chakra umbilical. Através da meditação, yoga e pranayama você poderá restabelecer o equilíbrio desses chakras, e o seu corpo irá refletir esse equilíbrio.